Este é o meteorito mais precioso que existe: o Fukang.

image

Ele possui cerca de 4.500 milhões de anos e é tão antiga quanto a própria Terra. Ele foi descoberto nas montanhas vizinhas de Fukang, na China, em 2000. O meteorito foi descoberto por um andarilho que costumava sentar sobre a pedra para descansar. Porém o homem notou uma textura estranha na pedra e decidiu enviar a rocha para ser analisada por alguns arqueólogos. Após analisarem a rocha, chegaram a conclusão que aquela pedra era na verdade um meteorito super raro.

image

Esta bela rocha é na verdade um Palasito, um tipo de meteorito com cristais translúcidos de ouro de um material chamado Olivina, o meteorito parece mais um favo de mel banhado a níquel e ferro.

image

Segundo especialistas, os Pallasites compreendem aproximadamente 50% dos cristais de olivina e o resto são  metais como níquel e ferro, este tipo de meteorito é muito raro e representa apenas 1% de todos os meteoros do universo.

image

A descoberta dos meteoros Fukang é considerada uma das maiores descobertas do século. Mas apesar de sua beleza, sabe-se que não é o maior. Em  2005, um caçador chamado Steve Arnold encontrou uma amostra de 635 kg no estado do Kansas.

O nosso universo é cheio de coisas maravilhosas como esta. Quantos mais ainda serão descobertos?

Fonte(s)Magnus Mundi