O corpo humano é uma das mais incríveis “máquinas” já criadas, tanto que para se adaptar, existem diversos processos, como a destruição de microrganismos ou até mesmo a remodelação do tecido muscular, mas até mesmo ele é passível de irregularidades, por isso temos várias síndromes e doenças genéticas.

No post de hoje, mostraremos algumas pessoas que nasceram com algo diferente em seu organismo e que os tornou diferenciados, mas que, surpreendentemente, seguem normalmente com suas vidas.

Tom Staniford

Tom

Tom possui uma síndrome rara que acomete apenas outras 7 pessoas no mundo, quando criança, seu organismo perdeu toda sua gordura, até aí tudo bem, mas o problema é que seu próprio corpo se reconhece como obeso, resultando em problemas como diabetes tipo 2 e audição prejudicada, além disso, possui cerca de 40% da massa muscular de sua idade, o que, aliado ao fato de que não tem nenhuma gordura em seu corpo e que isso limita a contração muscular, reduz e muito sua capacidade física.

Patrick Deuel

Deuel

Patrick já chegou a pesar mais de meia tonelada! 570 kg para ser mais exato, tudo começou quando ele trabalhava em um restaurante e começou a engordar com a comida de lá, devido a uma intensa absorção dos nutrientes por seu corpo. A partir daí ele fez uma cirurgia bariátrica, para remoção de parte do estômago e, para tirá-lo de casa foi necessário quebrar paredes, chamar uma ambulância extragrande e com portas largas, além de montar uma rampa e utilizar um guincho. 12 meses após a cirurgia, Deuel perdeu 270 kg

Arlindo de Souza

Arlindo

Arlindo é um fisiculturista que injetava em si mesmo um coquetel com óleo mineral, esteróides, hormônios, vitaminas para equinos e álcool, tudo para deixar seus músculos ainda maiores, tanto que seu bíceps chegou à marca de 74 cm e lhe rendeu o apelido de Popeye brasileiro.

Mas não pense que isso o fez ficar forte, pelo contrário, o que ele fez foi apenas encher os músculos, tanto que em diversas situações em que alguém injeta esses conteúdos, por questões de saúde, ele precisa retirar esse conteúdo, e a extração não é nada agradável: faz-se um corte no braço e deixa-se o líquido escorrer, depois, aperta-se o braço até que saia todo o conteúdo.

Um de seus amigos que utilizava um coquetel muito semelhante faleceu, mas mesmo assim Arlindo diz não ter medo das substâncias que utiliza.

Paul Karason

Paul

Em 1995, Paul teve uma dermatite e resolveu se automedicar com prata coloidal, utilizada para separar a prata de metais, esfregando em seu corpo e ainda bebendo a substância, sua pele começou a ficar azul e, ironicamente, foi apelidado de Papai Smurf, até que, em 2013, ele faleceu devido a um ataque cardíaco.

Leonid Stadnyk

Leonid

O homem mais alto do mundo, segundo o livro dos recordes não é o mais alto, mas sim o segundo, isso porque Leonid é o primeiro e saiu do livro em 2011, quando descobriu que seu crescimento era devido a um tumor cerebral.

Surpreendentemente, Leonid não parava de crescer! Quando faleceu, em 2014, ele tinha uma altura por volta 2,57 m, e até foi cogitada a realização de uma cirurgia para remoção do tumor, porém, não haviam anestésicos capazes de apagar uma pessoa daquele tamanho, além disso, não havia tomógrafo que fosse compatível com ele.