Não muito tempo atrás, em uma entrevista ao jornal alemão Tagesspiegel, a artista Marina Abramovic disse que ter filhos teria arruinado a sua criatividade. “Eu tive três abortos porque eu tinha certeza de que seria um desastre para o meu trabalho”, disse ela. “Ter um só faria eu ter uma quantidade limitada de energia em meu corpo e teria de dividi-la”.

Mas Hein Koh, uma artista que vive no Brooklyn, respondeu a estas observações após publicar uma foto de si mesma trabalhando com seu laptop, enquanto, simultaneamente, amamenta seus filhos gêmeos.

“Quando meus gêmeos estavam com 5 semanas, apesar da falta de tempo e sono a cada vez que eu tinha que amamentar (a cada 2 ou 3 horas todos os dias, 45 minutos de cada vez), eu sempre tinha o meu trabalho feito”, escreveu Hein.

“Marina Abramovic pensa que as crianças arruínam a carreira das mulheres no mundo da arte, mas para o inferno com isso”.

“De alguma forma, se você é um homem, você tem permissão para ter filhos e você ainda precisa manter o foco em seu trabalho”, disse Hein. “Mas se você é uma mulher com crianças, as pessoas pensam nisso como um grande sacrifício”, observa ela. “Os novos modelos familiares evoluem: mães não precisam necessariamente ser as principais cuidadoras. Com alguma distribuição de responsabilidades e um sistema que apoio (o apoio é fundamental, e precisamos reconhecer que é um privilégio), as mulheres podem ter filhos e permanecer bem sucedidas em seu trabalho”.

“Eu preparei um cronograma que me permite gastar o tempo com as crianças, pelo menos algumas horas por dia, mas também ter tempo para trabalhar no meu estúdio ou fazer outras coisas que precisar”, explica ela.

“Nós todos temos que fazer o que achamos que é melhor para nós e para as nossas famílias”, continuou ela. “Eu apenas tento viver a minha vida, e eu sei que tenho limitações, mas faço o melhor que posso. As pessoas deveriam deixar as mães em paz sem entrar em seus assuntos. Especialmente outras mães, que são sempre são as primeiros a tentar. Independentemente das nossas escolhas individuais, as mulheres devem apoiar umas as outras e dar o exemplo, em vez de ataque. Esse é o tipo de cultura que queremos promover”.

E você, concorda com o ponto de vista desta artista? Comente e compartilhe com seus amigos!

ImagensBoredpanda