Tatuagens são notoriamente difíceis de remover, por isso mesmo que você despreze sua arte no corpo, você provavelmente vai ficar com ela para sempre. Isso pode alterar a percepção de si mesmo e, às vezes, parece que a sua identidade é permanentemente incorporada assim como a tinta. O fotógrafo Steven Burton está ajudando as pessoas a se imaginar de forma diferente, removendo digitalmente suas tatuagens. Sua série Skin Deep concentra-se em 28 ex-membros de gangues e indivíduos encarcerados, pessoas que são cobertas da cabeça aos pés com tatuagens e revela como elas são sem toda a tinta.

Skin Deep é inspirado pelo reverendo Gregory J. Boyle (aka G-Dog), o diretor do Homeboy Industries . É uma intervenção de um grupo de reabilitação e programa de ressocialização em Los Angeles que oferece aulas, aconselhamento de emprego, apoio sobre o abuso de substâncias, e muito mais. Eles também pagam o tratamento de remoção de tatuagem a laser para 950 clientes por mês, em particular, isto é valioso, pois permite que as pessoas possam ser vistas longe de seu passado.

 

 

ImagensMymodernmet