O que você costuma fazer quando acorda? Desliga o despertador, dorme mais alguns minutinhos, se arrasta para fora da cama, toma um banho, um café e inicia sua rotina diária (seja de trabalho, estudo ou qualquer outra coisa)?

Normalmente é isso que as pessoas fazem. Mas depois dessa descoberta, talvez você queira trocar os minutinhos a mais na cama por algo um pouco mais vantajoso.

Uma pesquisa realizada pela Northwestern Universiry Feinberg School of Medicine afirma que se expor um pouco ao sol pela manhã ajuda a perder peso.

cachorro-tomando-sol-

O estudo foi realizado com voluntários com uma média de idade de 30 anos. Todos eles usaram uma máquina colocada no pulso para que fosse monitorado o grau de exposição ao sol ao longo de 7 dias. Pediu-se a eles, é claro, que mantivessem normais seus hábitos alimentares e que registrassem o consumo de calorias ingeridas.

O resultado do estudo apontou que as pessoas que mais se expuseram ao sol pelas manhãs tinham ao final do estudo os menores Índices de Massa Corporal (IMC). Esse diagnóstico foi constatado sem distinção de idade, atividade física que faziam ou calorias ingeridas.

Existem duas possíveis explicações para essa conclusão:

  1. A exposição solar pela manhã pode ajudar a sincronizar o relógio biológico, o que ajuda a manter um horário de sono mais estável e, consequentemente, um metabolismo mais eficiente.
  2. A luz da manhã possui uma maior quantidade de luz azul, que é parte do ciclo luminoso que possui maior influência no ciclo circadiano. Esse ciclo regula todos os ritmos psicológicos do corpo humano. Tem influência sobre, por exemplo, a digestão ou o estado de vigília e sono, a renovação das células e o controle da temperatura do organismo.

Conforme conselho dos cientistas, basta tomar de 20 a 30 minutos de sol por dia por volta das 8 horas da manhã,  para que comece a notar as diferenças no longo prazo. E agora, vai continuar enrolando na cama, ou vai correr para o sol?