Quando Josi Aponte recebeu seu diploma pela Eastern Connecticut State University, na semana passada, um convidado muito importante estava na platéia para animá-la: o policial que salvou sua vida quando ela tinha 5 anos

“Quase morri, mas me deram uma segunda chance na vida”, disse Josi a um jornal local. “Se estou viva hoje, foi por causa de Pedro e de todas as autoridades e todos que vieram para ajudar naquele dia.”

b

No verão de 1998, o diretor Peter Getz tinha acabado de chegar em um prédio em chamas em Hartford, Connecticut, quando um bombeiro entregou-lhe uma menina de 5 anos de idade, que estava inconsciente e coberta de cinzas. Sem tempo para esperar por uma ambulância, Getz colocou a menina no banco de trás de seu carro patrulha.

Ele imediatamente começou a realizar a CPR enquanto seu parceiro dirigia com o carro para o hospital. Josi, chegou a ter uma parada cardíaca, mas estava respirando por conta própria no momento em que chegou à sala de emergência. “Me disseram que se eu tivesse esperado por mais alguns segundos a ambulância eu poderia ter morrido”, disse Josi.

Getz continuou a visitar Josi enquanto ela se recuperava no hospital. Ele trouxe um ursinho de pelúcia um dia depois do seu tio falecer, ele também estava dentro do apartamento em chamas, mas não resistiu aos ferimentos. “É uma daquelas coisas que toca o seu coração e fica com você”, disse Getz. “Os bombeiros fizeram o seu trabalho, eu fiz o meu trabalho, o pessoal do hospital fez o seu trabalho. Como resultado, nós ainda temos uma bela jovem ainda sobre a face da terra.”

Eles finalmente perderam o contato quando ela e sua família se mudaram para outra cidade. Josi se reencontrou com Getz há dois anos, depois de encontrar uma foto on-line dele levando ela para longe do fogo. Ela enviou-lhe uma mensagem e eles mantiveram contato desde então. Quando chegou a hora da formatura de Josi, era natural que Getz fosse convidado por sua família para animá-la. “Eu meio que fiquei chocado depois de receber o seu convite de formatura,”, disse Getz.

c

“Eu sou muito grata a ele, e eu sempre vou chamá-lo de meu anjo da guarda”.

São notícias assim que fazem você refletir e se sentir agradecido por saber que existem pessoas que sempre vão estar prontas para dar sua vida e salvar a sua. Esses são os verdadeiros heróis desse mundo!

Fonte(s)Huffingtonpost